7 mar 2016

Rota dos Quilombos

//
Comentários0

Documentação e Preservação

Hoje trazemos para vocês o relato e trabalho do fotógrafo Hélio Dias, que conhecemos em iniciativa do Rondon Minas. Fomos convidados a participar da organização de nova incursão no norte de Minas, na Rota dos Quilombos no Médio Jequitinhonha, nas cidades de Berilo, Chapada do Norte e Minas Novas que promete fomentar o turismo da região pouco conhecida até mesmo pelos mineiros.

Deixamos a palavra para o Hélio, que nos brinda com um texto leve e fotografias simplesmente espetaculares. O Sy Essá arregalou o olhar para a região, pois certamente as iniciativas tem influência direta na vida dos seus jovens e crianças. Aliás, há uma questão em comum com várias comunidades interioranas: como manter a vida das tradições culturais, como manter os jovens interessados em perpetuar manifestações culturais tão valiosas.

Confira e julgue por você mesmo.

12239628_622585501177811_1790731220599425032_n

FAMTUR: Rota dos Quilombos. Turismo no Médio Jequitinhonha

Fui convidado em novembro de 2015 para conhecer e fotografar a Rota dos Quilombos, uma iniciativa recém concretizada de criar uma oferta de turismo em comunidades quilombolas do Médio Jequitinhonha, nas cidades de Berilo, Chapada do Norte e Minas Novas.

Durante alguns anos, foi desenvolvido um projeto de mapeamento de potencialidades turísticas e de treinamento dos moradores para a recepção de turistas nessas comunidades.

O projeto foi idealizado e executado por Agda Marina, historiadora, e Luciana Priscilla do Carmo – hoje presidente do Rondon Minas, turismóloga, realizado pelo CEDEFES (Centro de Documentação Eloy Ferreira da Silva) e apoiado pela Oi Futuro.

É um projeto bem bacana e um povo maravilhoso. Poucas vezes na vida senti tanto carinho e hospitalidade. Nosso grupo foi recebido com festa em todas as comunidades, sempre com muita comida gostosa e apresentações de músicas, danças e saberes tradicionais.

Todos se mostraram empolgados com a oportunidade de poder compartilhar um pouco da sua cultura e de seus valores com os visitantes.

Em algumas comunidades, jovens e crianças prepararam apresentações de danças tradicionais e participaram das apresentações dos adultos, tocando instrumentos e cantando, e em todas elas interagiram conosco demonstrando alegria e curiosidade.

Creio que parte do esforço de educar os moradores dessas comunidades para trabalhar com a atividade turística deve passar pelos jovens, para que eles possam valorizar e perpetuar a grande riqueza que são as suas tradições.”

Hélio Dias

(um cara Brasileiro que ama viajar e capturar em fotografias algumas coisas que vê, contando histórias e compartilhando momentos experimentados. Faz por prazer e por contratações.)

Aprecie a galeria de fotos espetaculares que o Hélio nos proporcionou.

Seguem links do fotógrafo:

Hélio Dias Photos + Travels

Website & Blog
Instagram