O PROJETO

Um nome que guarda uma idéia poderosa

O nome Sy Essá surgiu consoante ao sentimento de cuidar do que é nosso. As nossas origens foram lembradas especialmente pelo sentido de tribo, em que é responsabilidade de todos tomar conta dos nossos jovens e adolescentes. Assim, em busca de palavras em tupi-guarani, maior tribo que viveu por todo Brasil, o conceito logo ganhou eco com os termos Sy, que significa mãe e Essá, que quer dizer olho, olhar. Nada mais completo e representativo que o olhar de mãe sobre as crianças. O olhar que tem carinho mais completo e invoca ações em qualquer situação que possa gerar perigo ou ações para tornar as crianças observadas mais felizes para torna-las cidadãos plenos em seus direitos e deveres.

O logotipo foi desenvolvido a partir de texturas usadas pelos índios e, como símbolo, foi eleito um ícone que remeta a olhar constante, inspirado em figuras da cerâmica marajoara, manifestação artística de época dos verdadeiros ancestrais brasileiros. Resgatar nossa cultura e criar a identidade brasileira reforçando nossas origens é parte do conceito do nosso projeto.

 

CERAMICA MARAJOARA

Urna do tipo Pacoval Inciso (à esquerda), aquarela de Miguel Pastana, Coleção do Museu do Estado do Pará; urna do tipo Joanes Pintado (à direita); ilustração de K. van Dyke, em Roosevelt (1991, p. 47). Crédito da imagem: divulgação do Museu Paraense Emílio Goeldi em sciELO.br

Proposta

A proposta do projeto Sy Essá é ser uma ponte eficiente para capacitar e informar agentes públicos, famílias e sociedade civil e ligá-los as autoridades sociais competentes e, consequentemente, facilitar o acesso aos serviços e direitos nas esferas determinadas pelo Estatuto da Criança e do Adolescente. Também é proposta divulgar o Plano Nacional e Municipal de Direito a Convivência Familiar e Comunitária em Escolas e Equipamentos Públicos a partir da construção do site/aplicativo e formação de multiplicadores. Também pretende-se trazer estes Planos para o cerne da discussão nestes espaços contribuindo para efetivação de mecanismos de controle e proteção.

Benefícios tangíveis do Sy Essá:

::: Informação :::

  • hub de notícias
  • voz (possibilidade de divulgação de trabalho)

::: Capacitação :::

  • noções de Direito (seus direitos e deveres)
  • posse dos órgãos existentes (quem pode auxiliar)
  • aplicações do ECA (Estatuto da Criança e do Adolescente) no dia-a-dia (quem deve ser acionado, como e quando)
  • ponte entre comunidades – sociedade civil – governo (como mobilizar a sociedade de forma conjunta, é uma obrigação por lei todos atuarem em conjunto)
  • formação completa de lideranças locais – Multiplicadores Sociais 

Benefícios sociais do Sy Essá:

  • mobilização positiva das comunidades (ações que protegem/fomentam as esferas do ECA)
  • repetição (ensinar as técnicas das ações via videoaula)
  • repositório cultural (compilação de material artístico-cultural)
  • documentação (registro histórico de ações)
  • união entre diversos setores como aliados (mobilização atestada por lei)
  • auxílio às famílias (as ações proporcionadas pelos Multiplicadores poderão auxiliar diretamente no papel de proteção e fomento dos jovens)
  • auxílio à sociedade civil (o Sy Essá conterá informações úteis de caminhos que qualquer cidadão poderá voluntariar-se a ajudar/propagar na ferramenta)
  • auxílio às esferas governamentais (uma sociedade complexa precisa de ferramentas que atinjam variados segmentos da mesma)
  • aplicação correta do ECA no dia-a-dia (a garantia que a criança e o jovem estarão sendo integrados, protegidos e estimulados como manda o Estatuto, com agentes de mudança e fiscalizadores na figura do Multiplicador Social)
  • golpe nos índices de criminalidade, pois sabe-se que o crime utiliza menores pela facilidade de aliciamento e penas reduzidas/tratamento diferenciado

Quer fazer parte deste projeto?

Entre em contato conosco